Capacitação leva MT Fomento a todos os municípios.

Escrito por  Assessoria de Imprensa - MTF | Sexta, 19 Julho 2013 18:08 - Modificado: Sexta, 19 Julho 2013 19:01

  Como parte de uma estratégia para fomentar o microcrédito em todo o estado, a Agência de Fomento de Mato Grosso (MT Fomento) concluiu nessa quinta-feira (18.07) a etapa de capacitação de 200 agentes de crédito e desenvolvimento nos 141 municípios mato-grossenses. Na solenidade também foi assinado um Termo de Parceria com os municípios para a instalação de unidades da agência. A expectativa é que até o final de 2013, a MT Fomento esteja em todas as cidades do estado.

  O presidente da Agência, Mario Milton Mendes, explica que a intenção da capacitação é "atender a população não bancarizada" e que tem dificuldade para obter crédito. "Esses agentes capacitados são pessoas dos próprios municípios, pessoas que são de lá e vão trabalhar lá, conhecem a realidade do local". Antes, a MT Fomento tinha agências apenas em Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis.

  O vice-governador Chico Daltro, explica que a expansão da MT Fomento é uma determinação de Governo que partiu do governador Silval Barbosa. "Com essa expansão, a população só tem a ganhar. O acesso ao crédito é de fundamental importância para fomentar a economia local e ajudar o pequeno empreendedor", disse.

  De acordo com a diretora de desenvolvimento e gestão da agência, Jessi Cangusso, a expansão surgiu de uma necessidade. "Nós obervávamos que a agência de fomento não era tão utilizada quanto poderia ser, não atendia as cidades mais distantes". Ela explica que foram feitas parcerias com os municípios, que encaminharam servidores concursados para a capacitação. O objetivo é não ter descontinuidade no trabalho.

  Os alunos passaram por um curso com 24 horas de carga horária, divididas entre as aulas práticas e teóricas. O agora agente de crédito de Santo Antônio do Leste (379 km ao sul de Cuiabá), Jerônimo Lemes, disse que a expansão foi importante para estimular o desenvolvimento econômico do seu município. "Vai proporcionar um desenvolvimento humano para a população que vai acessar o crédito. O município vai gerar renda e isso vai fortalecer a economia local", disse Jerônimo.

  Mario Milton explicou que atualmente a agência trabalha com recursos próprios e também do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO). Ele diz que até setembro a agência deve estar autorizada pelo Banco Central a operar linhas de crédito rural, o que irá "aumentar o leque de opções de investimento".

GUILHERME BLATT
Redação/Secom-MT

4df1dbd96f873f3dcecefb2869550f5351fd1949f63c3871ab7878ae4035499798d00961377d780d943763ada4a8479e416d0814196b8a10909b47bdcc1ea69b3500be899f8e8047c9cd4693793bddc5aaff6825b7f560485ce2d782e0c07bb9b230eb89616d755edcc315e3e4b8ced6cd3d9ba559318167b50bb2b6817da7fdd5a340b36463c6cd5d936cf47d56bda3d8ba95b3b0335f00b4ac9b4bc6b950deedcac8597bdcc9278075dd6aaa87a787  

MT Fomento

Rua Barão de Melgaço, 3565 - Centro - Cuiabá - MT, CEP: 78005-300